Hotel Bienestar Termas de Monção

hotel-bienestar-termas-moncaoA localização privilegiada com vistas para o rio Minho, a poucos metros do centro de Monção e numa zona bastante calma, foram factores que transformaram a nossa estadia no Hotel Bienestar Termas de Monção, numa experiência muito agradável.

O Hotel Bienestar Termas de Monção não é dos hotéis melhor cotados no Booking. As opiniões sobre este hotel divergem bastante, dependendo, muito provavelmente, das experiências anteriores e exigências de cada hóspede.

É certo que o hotel em si não nos deixou muito fascinados! Mas a zona envolvente do hotel é muito bonita e convida a longos passeios na margem do rio Minho.

O HOTEL

Este hotel 4 estrelas está situado na Estância Termal de Monção, perto de locais como a Igreja de Santo António dos Capuchos, o Castelo de Monção, a Igreja Matriz e o Paço do Alvarinho, e apenas a 5 minutos da ponte internacional entre Monção e Salvaterra do Minho.

Dispõe de 58 quartos e 2 suites equipados com casa de banho com chuveiro/banheira, ar condicionado, telefone directo, TV, cofre, mini-bar e WiFi.

Mais informações sobre este hotel poderão ser encontradas no Booking e no próprio site do hotel.

A NOSSA EXPERIÊNCIA

Ficamos no Hotel Bienestar Termas de Monção apenas por uma noite em finais de Fevereiro de 2012 (já lá vão uns aninhos). Incluída na nossa estadia, estava o pequeno-almoço e circuito termal para duas pessoas.

Mal chegamos pusemos logo à prova a simpatia das recepcionistas com o nosso bombardeio de perguntas sobre as termas e sobre os pontos de interesse ali dos arredores. Foram muito prestáveis e atenciosas.

Nada a apontar também para as áreas comuns do hotel. A decoração é simples, e ao contrário de alguns comentários que lemos no Booking, TripAdvisor, etc, não temos nada a apontar em relação à limpeza do hotel. Estava tudo asseado! Mas claro, recordo que a nossa experiência neste hotel passou-se em 2012, pelo que não sei se entretanto houve uma degradação ou se foram implementadas melhorias no hotel.

O hotel tem piscina exterior, que não tivemos oportunidade de experimentar por estarmos no inverno. 😛 Apesar de não ter ginásio, podemos encontrar 3 máquinas de manutenção física numa sala de jogos/biblioteca do hotel.

O QUARTO

Os quartos não são espectaculares, são simplesmente razoáveis e com todas as comodidades necessárias para uma estadia, sem grandes luxos, mas agradável.

O nosso quarto tinha uma decoração simples e um televisor um pouco antiquado e pequeno (mas que serviu perfeitamente). Da varanda dava para ver o parque urbano e um bocadinho do rio Minho.

O SPA (AS TERMAS)

No dia em que chegamos ao hotel, fomos imediatamente experimentar o circuito termal. Ao contrário do que se possa pensar, as Termas de Monção não ficam dentro do hotel, mas sim a uns 2 minutos a pé. Mas não vi qualquer problema nisso. O passeio até lá é agradável! Só que lá está, não é muito prático ir de robe e chinelos como é hábito em alguns hotéis. 😛

O circuito termal é composto por uma piscina equipada com jactos de ar, jactos subaquáticos, cadeiras de bolhas, rio contra-corrente e banheira de hidromassagem com diferencial de altura. Também tem camas de relaxamento, camas de água, sauna finlandesa, banho turco, duche bitérmico, chuveiro de essências, fonte de gelo e quartos de relaxamento.

A nossa passagem pelas termas até que soube muito bem. Foi relaxante, sem dúvida. Mas temos de deixar o nosso reparo relativamente ao estado em que se encontravam algumas áreas e equipamentos, que, pelo menos em 2012, já suplicavam por um restauro!

Temos fotos de algumas áreas das Termas de Monção, mas faltam-nos fotos da piscina, que essa sim, estava num estado impecável e proporcionou-nos momentos muito relaxantes.

PEQUENO-ALMOÇO

O pequeno-almoço no Hotel Bienestar Termas de Monção é bom e variado. Não tão variado como, por exemplo, o do Melia Braga Hotel & SPA, mas foi suficiente para nos deixar satisfeitos! 🙂

OS ARREDORES

Ainda no dia da chegada ao hotel, percorremos uma parte da ecopista do rio Minho e demos um pequeno passeio pelo Parque das Caldas mesmo em frente ao hotel.

No dia seguinte, após termos feito check-out, decidimos explorar um pouco mais as redondezas. Fizemos um agradável passeio pelas muralhas da fortaleza de Monção, onde pudemos deslumbrar de uma vista magnífica sobre o rio Minho.

Pelo percurso, ainda tiramos fotos à escultura a Deu-la-Deu Martins – uma obra contemporânea de João Cutileiro, que representa a lendária figura de Deu-la-Deu Martins, heroína local, debruçada sobre o Rio Minho protegendo o seu povo. E fomos terminar o nosso passeio pedestre na Praça Deu-la-Deu Martins.

Depois desta pequena caminhada, fomos conhecer o ex-libris da região de Monção, o Palácio da Brejoeira. Aliás, apenas conhecemos o exterior do palácio, é que estava a decorrer uma visita guiada de um grupo, e não nos foi autorizada a entrada.

SALVATERRA DO MINHO / PARQUE “A CANUDA”

Mais tarde resolvemos passar para o outro lado da Ponte Internacional sobre o Rio Minho, em direcção a Salvaterra do Minho (ou em galego, Salvaterra de Miño). Para além de vermos o rio Minho de outra perspectiva, ainda encontramos um parque/jardim botânico muito interessante mesmo ali ao pé da ponte internacional! Refiro-me ao parque público “A Canuda”, uma extensa área ribeirinha que acompanha o rio Minho em mais de um quilómetro.

O parque “A Canuda”, tem parque infantil, circuito de manutenção física, uma pequena quinta pedagógica com animais e imensos exemplares de espécies vegetais, um enorme lago onde se pode andar de barco ao lado dos patos e dos cisnes, parque de merendas, etc… Tudo pensado para proporcionar um passeio delicioso sempre ladeado pelo rio Minho!

Findo este nosso passeio, ainda acabamos por almoçar por aqueles lados, em Salvaterra do Minho, antes de nos fazermos à estrada de regresso a casa.

CONCLUSÃO

Recomendamos a estadia neste hotel, principalmente pela zona envolvente, que é magnífica e muito propícia a bons passeios a pé e de bicicleta pela Ecopista do Rio Minho.

Comentários

comentários

1 Response

  1. Marisa diz:

    Não conheço o hotel, mas conheço relativamente bem Monção. É uma vila lindíssima e agora ao ler isto, deste-me vontade de lá voltar!!!!!! 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *